Passar para o conteúdo principal
x

Diagnóstico Social de Cascais

A coesão social traduz a capacidade de uma sociedade em garantir o bem-estar de todos os seus membros, minimizando as disparidades e evitando a polarização, segundo uma perspetiva de responsabilidade partilhada.
(Concerted development of social cohesion indicators – Methodological guide, CE, 2005)

 

A noção de responsabilidade partilhada é a chave do modelo de coesão social do Conselho da Europa no qual se fundamenta o diagnóstico social de Cascais e que propõe um conjunto de dimensões de análise:

  • Análise da situação das pessoas, em particular de grupos mais vulneráveis a situações de exclusão e discriminação
  • Os agentes (organizações, empresas, famílias, cidadãos, etc.) e a ação que desenvolvem em prol da coesão social
  • Os ingredientes básicos da vida em comunidade: os valores, os vínculos, a confiança, os sentimentos, etc.

 

Este diagnóstico realizou-se no contexto da Rede Social de Cascais, a quem compete promover o desenvolvimento social concelhio, com base em diagnósticos atualizados e através de Planos de Desenvolvimento Social (PDS).

Para aceder aos documentos que compõe o Diagnóstico Social consulte:

Abordagem Conceptual e metodológica 

Pessoas 

Organizações e Rede Social

Freguesias (disponível brevemente)

Respostas Sociais (disponível brevemente)