Passar para o conteúdo principal
x

Plano Concelhio para a Integração das Pessoas em Situação de Sem-Abrigo (2019-2023)

“A construção de um território socialmente coeso depende entre outros aspetos, de uma clara dimensão de inclusão socioeconómica. As pessoas em situação de sem-abrigo representam a expressão mais visível de um contexto de exclusão social.”

“Com o maior conhecimento acerca deste fenómeno, sabemos hoje, que mesmo um período reduzido de passagem pela condição de sem-abrigo pode diminuir a possibilidade de reintegração da pessoa e conduzir a uma rápida degradação na sua saúde física e mental, na capacidade de arranjar emprego e nas competências sociais. As consequências a longo termo podem ser irreversíveis.”

Em 2010 foi definido o Plano Concelhio para a Integração de Pessoas Sem-Abrigo para 2010-2013, neste plano a Rede Social de Cascais operacionalizou um conjunto de orientações definidas pela Estratégia Nacional para a Integração de Pessoas Sem-Abrigo 2009-2015 (ENIPSA). Sendo posteriormente definido o plano para o período 2014-2018.

O plano apresentado é o Plano Concelhio para a Integração de Pessoas Sem-Abrigo 2019-2023, que evidencia um conjunto de medidas e políticas estruturais (habitação, saúde, educação e emprego) e de prevenção como fatores determinante à redução efetiva de situações de sem-abrigo.